Sunday, 6 June 2010

Inverno


                                                             Photo by Claudia Lordão

Hoje tô sentindo frio. E tô com saudades do meu país e dos meus pais. Engraçado como um pequeno acento pode modificar totalmente uma palavra...

Tô com saudades do inverno no Rio de Janeiro. De tomar café da manhã no Parque Lage... E passear pela Lagoa, até o Árabe...

Saudades  de caminhar até o Arpoador e ver o por do sol em Ipanema. Saudades do Forte de Copacabana e da Confeitaria Colombo. Saudades do arroz a piamontese do Lamole, do salsichão  do Bar Lagoa e do escondidinho da Academia da Cachaça. 

Saudades  da Livraria da Travessa, do Gula Gula e da Letras e Expressões. E que saudades do café da manhã no Zona Sul....

Sinto saudades de encontrar meus amigos do Brasil, assim, na rua, como que por acaso. Saudades de  estar com eles, fazer parte de suas vidas.

É engraçado como aprendi a gerenciar a saudade.  O tempo passa tão rápido... aprendi a estar longe.

Mas a saudade é paciente. E está sempre a espreita. Um dia (ou noite) , quando menos espero, ela aparece, forte! E determinada a acabar comigo...

Hoje foi assim... Mas tudo bem, eu sei que amanhã ela volta pro seu cantinho... De onde vai continuar a me vigiar, até encontrar a próxima ocasião pra vir me atormentar mais um pouquinho...

5 comments:

Anonymous said...

no verão acho mais fácil segurar saudade. sempre tem algo pra fazer.
mas no frio... te entendo!
Sheila

Andréa Riecken said...

Me deu homesick lendo o seu blog hj. Ate chorei.

Claudia Lordao said...

Desculpe, Déia.
Vou te contar um segredo: Eu também chorei ao escrever....

Debora said...

Acho que para todos nos do lado de ca tem sempre uma hora que bate aquele aperto no peito....Saudade, eta palavrinha complicada.
Estou aqui sempre que precisar de um colinho, viu amiga!
Bjao
Debora

Anazita said...

Palavra triste, quando ela vem o melhor é chorar, porque não demora muito ela volta a bater de novo no nosso coração!...BJS

Post a Comment