Tuesday, 11 May 2010

The Invention of Lying

O filme começa bem, mas deixa a desejar. A idéia, no entanto, é bastante interessante! Imagine um mundo onde as pessoas não conseguem mentir. Não só não conseguem mentir, como falam o que sentem, ali, na lata, sem rodeios, sem enrolação.

Neste mundo você pode convidar uma mulher pra jantar e corre o risco – de acordo com o verdadeiro sentimento da senhorita – de ouvir a seguinte resposta: Posso sair pra jantar com você porque sei que vai me levar a um restaurante bom e caro. Mas vou avisando que não tenho nenhum interesse sexual por você. Só quero mesmo que me pague um bom jantar. Como seu papo não é tão chato assim, acho que vale à pena.

Ouch! Um mundo sem delicadezas, sem meias palavras...

Mas o que achei mais interessante foi o seguinte: as pessoas não tinham esperança! A maioria era triste e vivia uma vida infeliz!

Se você não deu a sorte de nascer bonito e em uma família rica. Não estudou em bons colégios e não conseguiu um bom emprego, a vida inteira só ouviria as pessoas falando: Você é muito feio, nunca vai arrumar namorada. Você nunca vai ter um bom emprego. Nunca vai ser nada na vida! E é claro que você, provalvelmente, acabaria acreditando nisso! Não há auto-estima que resista à verdade nua e crua 24 horas por dia, 7 dias por semana!  

Diante de uma tragédia e sem conseguir mentir, diríamos ao amigo desesperado: não sei como consegue aguentar o que aconteceu. Eu imagino que já deva ter pensado em se matar algumas vezes... Eu acho que seria o melhor mesmo, qual é o sentido da sua existência?

A incapacidade de conseguir falar algo que não estamos realmente sentindo - ou seja, a incapacidade de mentir - nos levaria à extinção! Pode acreditar!!

4 comments:

Luciana said...

Claudia,

Adorei o seu blog. Voce escreve muito bem. Parabens!

priscila said...

Li seu post e quis assistir ao filme.
Achei muito interessante colocar a verdade em perspectiva...

Muito bom seu blog!

Beijos...

Andréa Riecken said...

Clau, to adorando seu blog! Ja li quase todos os posts :)
Esse em especial me fez pensar sobre o comercial que tem passado na TV de um seriado que esqueci o nome agora. Mas o comercial fala que em media uma pessoa normal mente 4 vezes por dia. Ate comentei com o Tom, pq eu acho que isso nao pode ser verdade. Mas acho que depois de ler esse post acho pode ser bem verdade... qtas vezes falamos que esta tudo bem quando na verdade nao esta, ou fazemos um elogio por fazer, coisas do tipo.
Como dizia Cazuza "mentiras sinceras me interessam...". Eh isso ai!

Anonymous said...

Às vezes não precisamos mentir, mas sim, omitir algumas verdades só para não magoar aqueles que gostamos.....É um mal necessário! :)
Adorei o testinho! :)
Bjks,
Mi

Post a Comment