Monday, 23 August 2010

Minha alma chora...


Pra quem acompanha pelos jornais o que acontece do lado de lá, o Rio de Janeiro parece mesmo uma cidade sem lei, entregue à sua própria sorte (ou seria seu próprio azar?)

O que estão fazendo com a Cidade Maravilhosa?  Leio os jornais com lágrimas nos olhos! Fui embora da minha cidade, do meu país, por causa dessa mesma violência que, impunemente, continua a atacar e destruir tudo o que vê pela frente.

Vivo hoje em uma cidade onde o medo não faz parte da minha vida. Caminho pelas ruas sem pressa, sem olhar para os lados. Páro em todos os sinais de trânsito. E com os vidros abertos, vejam só! Moro em uma casa sem muros. E aqui, criança vai pra escola. E bandido, pra cadeia. De verdade. E ponto final!

Eu amo o Rio. E sinto muitas saudades da minha cidade. Mas sei que minhas lembranças são de um Rio que não existe mais. E minha alma chora...

Do lado de cá, só posso mesmo torcer para que nada de mal aconteça aqueles que amo. Cristo Redentor, braços abertos sobre a Guanabara, olhai por minha família e meus amigos. Amém.

10 comments:

Glenda Dimuro said...

A coisa tá feia pelo lado de lá, né? Por isso eu dizia que o Rio não está preparado para receber uma olimpíada... mas dai me chamam de exagerada!

Milka said...

Eu tbem adoro o Rio de Janeiro, mas infelizmente está se tornando uma terra sem leis...
uma pena!!
uma perda!!

bj

William Salvador said...

O Rio foi entregue aos políticos que acham que bandido é cidadão. Os "Direitos Humanos", quando acontece um crime, só quer saber do bem estar do bandido. Pelo jeito eles foram elevados a uma categoria acima dos que vivem honestamente e pagam os impostos e, consequentemente, o salário desses que deveriam proteger.
No interior existe violência, mas ainda durmo com as janelas abertas. Sinto saudades do Rio que deixei em 71.

Anonymous said...

É isso ai, a coisa aquí esta feia mas ainda há esperança. Veja que muitos lugares outrora violentos, hoje são bons de morar. O Rio de Janeiro não merece essa bandidagem.

Beijos,beijos,beijos,beijos e muitos abraços.

Anonymous said...

P A C O

Débora said...

Claudinha eu entendo o que você está sentindo.
Minha irmã morou por 12 anos em Copacabana próximo ao Posto 5 e tenho lembrança de passar férias com ela, tomar chop na Av Atlântica, adorava!
Enquanto o povão não aprender a votar vai continuar nessa b****! Concordo com um post aí em cima onde citam que as ONG's dos direitos humanos que fazem uma inversão de valores, colocando os bandidos acima da lei e os policiais e agentes de segurança como os verdadeiros criminosos, quando teria que ser exatamente o inverso. A mídia (leia-se TV Globo) também tem sua parcela de culpa.
Abraços e tenha certeza de que amanhã "será outro dia"!
Beto

Eve said...

Minha alma chora pelo Brasil...

bjs

Oscar said...

Muito triste isso tudo... Eu adoraria conhecer melhor o Rio de Janeiro... Mas ir num local em que você nem sequer tem tranqüilidade de sair na rua com uma máquina fotográfica sem ser assaltado não funciona para mim... Minha esperança é que essa situação ainda mude um dia..
Btw ótimo texto

Anonymous said...

Hoje, dia 28 meu coração bate descompensadamente, pois as tropas das polícias, exército , marinha com seus tanques de guerra,o BOPE etc...já começaram a invadir o complexo do Alemão, mas será verdade que tudo isso é de fato para dar fim para sempre tudo isso que o Rio de Janeiro conhecida mundialmente como CIDADE MARAVILHOSA está passando. Quero muito acreditar, mais tá difícil

Anonymous said...

Continuando: O espaço não deu para eu terminar.
Quem assistiu Tropa de Elite 2 infelizmente tem suas dúvidas.bjs. Naná

Post a Comment