Monday, 12 July 2010

Assim não dá!






Ok. Ok. 

Eu aceito envelhecer. Aceito meus cabelos brancos. Aceito a pele sem colágeno. Aceito minhas rugas, meu culote, minhas gorduras localizadas. Mas não dá pra aceitar ter espinha junto com tudo isso!!

Se estou velha, não tenho mais idade pra ter espinha!  Se tenho espinha, como posso ter 40 anos?

Não dá, gente! Não dá!

Espinha e 40 anos na mesma frase não dá! Nem na mesma frase, nem na mesma pessoa, que no caso sou euzinha aqui.

Devia ser proibido ter espinhas depois dos 40. Tipo proibido mesmo! Isso é quase um pecado. Mortal! Vou reclamar com o Papa.

Eu entendo a espinha na adolescência. Durante aqueles anos que somos maravilhosos com os nossos amigos e insuportáveis com os nossos pais. Nessa fase a espinha é quase como uma aviso lá de cima. Um pequeno castigo divino frente a chatice que espalhamos ao nosso redor.

Agora, na minha idade? Não é justo! 

Como disse, eu aceito tudo! Mas, velha e espinhenta, não dá!!

1 comment:

Anazita said...

Deve ser produção exagerada de estrógeno. kkkkkkkkkkkkk.

Post a Comment