Saturday, 3 July 2010

Chora, filho. Pode chorar.

Ontem o Brasil perdeu. E meu filho chorou.

Lembrei de mim, aos 12 anos (mesma idade que ele está agora) na Copa de 82. Lembrei a tristeza que senti quando o Brasil perdeu e que nunca mais esqueci. Sei exatamente o que você sentiu, filho.

Queria poder dizer que foi só um jogo. Queria dizer pra ele não ligar tanto assim. 

Mas deixei ele chorar pelo seu país. Com o coração apertado, não falei nada. Esse momento era dele.

Difícil mesmo foi acordar hoje e arrumar a sala e dobrar as bandeiras e “guardar a torcida” na minha caixinha de desilusões. 

Em 2014 tiro ela de lá. E quem sabe, então, será diferente?

4 comments:

Anonymous said...

Ai droga, tadinho! :(
Perder faz parte da vida............perdemos tanto na vida....
Bjks,
Mi

Renata Hj said...

Ele ficou feliz qndo a argentina perdeu?! :)

Anazita said...

Tem que chorar mesmo, a nossa seleção não se empenhou como deveria.

Marcia Gonçalves said...

O João Gabriel também chorou e eu me lembrei tbém da copa de 82, quando chorei muito, igualzinho. Isso tbém fará parte das memórias deles. Beija o Bruno por mim.

Post a Comment